Imprimir
PDF

Livros

Imagem_Capa

Gestão de empresas de software/hardware - EBTs

É um livro para empresários, diretores ou gerentes de empresas de Software e Hardware que, em geral, são organizações criadas e administradas por engenheiros ou profissionais das ciências da computação. As dificuldades e vulnerabilidades mais comuns são:

  • Empresas com uma tímida área área de negócios e marketing;
  • Planejamento estratégico da empresa não está em sintonia com o mercado, ou seja, o perfil dos produtos e/ ou serviços estão em maior sintonia com a paixão pessoal do cientista, do engenheiro;
  • As EBT´s brasileiras embora intensivas em conhecimento e inovação, não dispõem de ferramentas ou práticas de gestão de P&D, processos empresariais e gestão de pessoas.

Livros_Zygmund

Livros de Zygmund Bauman

Zygmund Bauman, autor de um vasto e inteligente acervo de livros e escritos diversos sobre o estilo de vida, as relações humanas no mundo atual e as transformações provocadas pelas tecnologias.  Um dos sociólogos mais importantes de nosso tempo, Z. Bauman fala muito sobre o “sistema” que hipotecou o mundo.

Em seu livro “Modernidade Líquida“ o autor  complementa e conclui a análise realizada em “Globalização: as Conseqüências Humanas” e “Em Busca da Política”. Juntos, esses 3 volumes formam uma análise brilhante das condições combinantes da vida social e política na sociedade moderna. Neste livro, Bauman analisa cinco conceitos que organizam a vida humana: emancipação, individualidade, tempo/espaço, trabalho e comunidade. Ele traça o cenário da mudança desses conceitos na assim chamada pós-modernidade. E discute muita coisa que a gente percebe por aí, mas as vezes nem pára para pensar.

Assim sendo, mesmo não tendo lido todos os livros recomendo-os. No Blog há um Post de Capa sobre este importante autor contemporâneo.


a-estrategia-em-acao

Metodologia do Balanced Score Card - BSC

Embora o BSC tenha sido lançado nos EUA pelos autores em meados dos anos 90; aqui no Brasil estes conhecimentos só chegaram depois do ano 2000. Os dois livros aqui citados foram os precursores desta metodologia de gestão entre nós. Kaplan e Norton na Prática, que é um livro de 2004 foi o ponto de partida de uma Metodologia de Gestão que evolui muito em nosso país nos 08 anos que se seguiram. O livro é uma coletânea dos artigos dos criadores do Balanced Scorecard. São ao todo quatro artigos: Balanced Scorecard?, Indicadores que impulsionam o desempenho?, Colocando em funcionamento o balanced scorecard?, Utilizando o BSC como sistema gerencial estratégico? – publicado no Brasil pela Editora Campus.

O livro A Estratégia em Ação tenta explicar que mais do que um simples conjunto de indicadores, o Balanced Scorecard é um sistema gerencial capaz de canalizar as energias, habilidades e os conhecimentos específicos de indivíduos dos mais diversos setores da organização em busca da realização de metas estratégicas de longo prazo. Os autores mostram como altos executivos de diversos setores estão utilizando o Balanced Scorecard para orientar o desempenho atual e focalizar o desempenho futuro. Eles ilustram a utilização de medidas em quatro categorias: desempenho financeiro, conhecimento do cliente, processos internos, e aprendizado e crescimento - para alinhar iniciativas individuais, organizacionais e interdepartamentais, e para identificar processos inteiramente novos destinados a atender os objetivos de clientes e acionistas. Kaplan e Norton revelam também como o Balanced Scorecard pode se tornar um sólido sistema de aprendizado, capaz de testar, obter feedback e atualizar a estratégia organizacional. Por fim, percorrem as etapas que executivos de qualquer empresa poderão utilizar para criar seus próprios Balanced Scorecards, mudando a forma como medem e administram seus negócios''.


mapas-estrategicos

Metodologia do Balanced Score Card - BSC

Mapas Estratégicos é um dos livros de grande relevância para o BSC, através dele os autores constatam a importância dos mapas estratégicos o que os motivou a escrever este terceiro livro da série Balanced Scorecard. Este livro apresenta várias contribuições muito importantes entre elas um padrão que descreve os componentes básicos de como se cria valor nas perspectivas de processos internos e de aprendizado e crescimento – publicado no Brasil pela Editora Campus em 2005.

No livro Alinhamento os autores evidenciam que tão importante quando definir uma estratégia é perceber se todos os setores da organização estão seguindo tudo o que foi planejado como estratégia. Com muita freqüência, as diferentes unidades de uma organização precisam de coordenação, pois atuam com propósitos desconexos e buscam objetivos conflitantes. Nesse novo livro de 2006, Kaplan e Norton explicam como corrigir essa falta de alinhamento organizacional e mostram como usar o revolucionário sistema de gestão do BSC para definir, coordenar e supervisionar a implementação da estratégia. Além disso, fornecem um conjunto de práticas comprovadas, apresentando estudos de caso, modelos e referenciais que podem ser facilmente transformados em ação, e amostras de mapas estratégicos e de BSC de empresas que aplicam essas ferramentas para garantir o alinhamento estratégico de suas diversas áreas e unidades.

Escrito por dois pesquisadores pioneiros nessa área, o livro mostra como as organizações de hoje são capazes de criar valor por meio das sinergias produzidas pela corporação, sob a liderança da administração central, e canalizar toda essa força para gerar um desempenho notável.


a-calda-longa

A Cauda Longa

 O livro “The Long Tail” – “A Cauda Longa”, de Chris Anderson, lançado em 2006, aborda o fenômeno observado em empresas de internet que conseguem faturar com produtos de nicho tanto quanto, ou até mais que os tradicionais produtos “arrasa-quarteirão”. Isso se tornou viável com o advento da internet já que a inexistência de limitação do espaço físico para exibição de produtos faz com que os mercados de nicho, sejam explorados da mesma forma que o mercado de massas.Na internet tudo isso muda. Uma livraria virtual possui prateleiras de tamanho teoricamente infinito, cuja limitação é a quantidade de títulos oferecidos e não o espaço físico. Ao invés de disponibilizar apenas aqueles “xis” mil títulos que são os que mais vendem, é possível ter em catálogo um número muito maior. No livro “A Cauda Longa”, o autor Chris Anderson mostra que uma loja física de uma grande livraria nos EUA possui em média 100 mil títulos diferentes disponíveis. Ao mesmo tempo a loja virtual Amazon.com possui em suas “prateleiras” cerca de 3,7 milhões de livros diferentes.

Vejam os depoimentos: ...

“As idéias de Anderson em A Cauda Longa, exercem profunda influência sobre o pensamento estratégico do Google. Leia este livro brilhante e oportuno, se você quiser vislumbrar o futuro dos negócios.” – Eric Schmidt, ex-CEO Google … “A tecnologia e a internet estão transformando o mundo num lugar menor e mais conectado. A Cauda Longa é o primeiro livro que explica com exatidão como a capacidade de alcançar mercados de nicho cria grandes oportunidades”. – Terry Semet, CEO Yahoo.


mude-a-cultura

Mude a cultura de sua empresa e vença o jogo!

A obra de Roger Connors e Tom Smith resumem bem o espírito aventureiro, ousado e empreendedor que todo líder de negócios deve ter.

Este livro lançado pela editora Campus Elsevier é  um misto de administração, relações públicas e psicologia empresarial, os autores apresentam o modelo da “Pirâmide de Resultados”, onde utilizam uma metodologia simples e eficiente para estabilizar as ações e rapidamente partir para mudanças significativas visando uma cultura organizada e prestativa, que trará os resultados esperados.

No Blog há um Post sobre este livro com um PDF resumo anexo.


nao-nascemos-prontos

Não Nascemos Prontos

Mário Sergio Cortella, brilhante filósofo e educador em seu livro “Não nascemos prontos!” faz uma análise crítica e um alerta a pais e professores sobre a educação de nossas crianças e jovens que em dado momento ele os denominou de “geração Miojo” por conta de quererem tudo óbvio,  pronto  e  rápido. Não querem saber de rituais, de dialética, de processos. No livro há “provocações filosóficas” do tipo: “… o mundo que nós vamos deixar para os nossos filhos depende muito do tipo de filho que nós vamos deixar para o mundo…” //  ”… a importância da convivência…” – “…as coisas para acontecerem, tem processo, demoram um tempo, dão trabalho…” // “…o controle remoto alterou nossa percepção, nossa atitude, educava a nossa paciência “ // …hoje há muitas facilidades, fast-food, etc… que deseducam a capacidade e a virtude da paciência…”


Napoleon_Imagem_Final

Leis do Triunfo

O autor, Sr. Napoleon Hill durante 20 anos (1908 – 1928) pesquisou e escreveu sobre leis que, segundo ele, levam ao triunfo. Para tanto pesquisou os segredos do sucesso dos 500 homens de negócio americanos mais bem sucedidos do século XX, buscando pontos em comum que justificassem a razão deste sucesso.

A harmonia é baseada na compreensão das forças que constituem o ambiente de cada um; assim sendo, este livro é, na realidade, um projeto, uma "planta" que pode conduzir diretamente ao triunfo, porque ajuda a pessoa que o interpretar adequadamente, compreender e tirar o máximo dessas forças que rodeiam a vida.

No Blog há um Post sobre este livro com um PDF resumo anexo.


Oceano_Azul

A Estratégia do Oceano Azul

Segundo o Sr. André Ribeiro Coutinho (… no prefácio do livro),  diretor da Symnetics  empresa responsável pela introdução e  sucesso do livro “A Estratégia do Oceano Azul”, conceitos e idéias presentes neste livro podem ser consideradas um marco no pensamento estratégico internacional. Depois de Drucker, Porter, Kaplan & Norton e Prahalad, não víamos tanta lucidez e originalidade no tratamento de um tema tão fascinante. Estamos diante de um novo paradigma do pensar e agir estrategicamente, construído a partir da observação de organizações vencedoras: “Há alguns anos temos acompanhado a trajetória de implementação de estratégias em organizações brasileiras e latino-americanas. Por uma questão de sobrevivência e foco, em um ambiente cada vez mais competitivo, a gestão estratégica foi definitivamente incorporada à agenda executiva”.


o-codigo-da-inteligencia

Códigos da Inteligência / Vendedor de Sonhos

O escritor e psicanalista Augusto Cury, considerado um fenômeno editorial de títulos como “O Código da Inteligência” e “O Vendedor de Sonhos”, se mantém na lista dos autores mais lidos do País desde 2005, com mais de 15 milhões de exemplares vendidos. Recentemente, ele esteve no Cariri / Ce, onde participou, como palestrante, do Congresso de Educação, que abordou o tema “Família e Escola, construindo saber, transmitindo valores”.

Para Cury, não há diferença entre o nível de ensino do Nordeste e do Sul do País. Porém afirma que o nordestino é mais afetivo, aprendeu com as adversidades da vida a suportar as dificuldades. Para ele, a educação contextualizada é importante, mas precisa de cursos profissionalizantes que atendam à demanda regional. Ex-ateu e crítico ferrenho da sociedade moderna, afirma que a sociedade passou a valorizar o sujeito do tipo estressado e nervoso.


o-mestre-dos-mestres

O Mestre dos Mestres

O Dr. Augusto Cury com seus muitos livros, suas profundas palavras e belas palestras, é um mestre na área da superação humana. Durante anos pesquisou a história e a biografia de Jesus Cristo, na Bíblia, nos evangelhos apócrifos e em escritos antigos. Ele como ninguém aprendeu com o mestre, entendeu suas lições e seus muitos exemplos de superação. E tenta nos transmitir isto de todas as formas possíveis,  seja em forma de livros, como palestras ou vídeos do YouTube.

Augusto Cury é um dos sérios  escritores nacionais  na linha da auto-ajuda, até porque ele como médico e psicoterapeuta vive e tenta tratar a realidade dos dramas humanos modernos. As grandes cidades, a mercantilização das relações humanas, o exacerbar da vaidade humana, o crescimento dos índices de suicídios, do individualismo e do sentimento  “salve-se que puder”  deste  início de século XXI,  está deixando milhões de pessoas fora de sincronismo, levando-as ao stress, a depressão, a sérias doenças e ao suicídio.


pais-brilhantes

Pais brilhantes & Professores fascinantes

Augusto Cury ressalta em seu livro os “Sete  hábitos  de  bons  Pais  e Professores”. Nas Partes –  3, 4 e 5  aborda respectivamente: “Os sete pecados dos educadores”, “Os cinco papéis da memória”  e  a   ”A escola dos nossos sonhos”.

Algumas frases marcantes deste médico e educador:  Prepare seu filho para “ser”, pois o mundo o preparará para “ter” … Conversar é falar sobre o mundo que nos cerca, dialogar é falar sobre o mundo que somos … Cativem seus filhos pela sua inteligência e afetividade, não pela autoridade, dinheiro ou poder… Se eles não ouvirem “Não” de seus pais, estarão despreparados para ouvir “Não” da vida … Os professores fascinantes transformam a informação em conhecimento e o conhecimento  em experiência … Bons professores falam com a voz, professores fascinantes falam com os olhos. Bons professores são didáticos, professores fascinantes vão além …Um bom professor educa seus alunos para uma profissão, um professor fascinante os educa para a vida.


previsivelmente

Previsivelmente Irracional

Dan Ariely, um autor que usou o seu ´sofrimento´ pessoal como um grande insight para suas teorias – explico: “Ele ainda muito jovem, como soldado de Israel, sofreu queimaduras em 70% de seu corpo”. Assim, usando em parte palavras minhas e em parte os escritos na  Contra-Capa e orelhas do livro, farei um resumo explicativo das idéias centrais do livro.

No fundo trata-se de um conhecimento relativamente novo, uma ciência nova - Economia Comportamental. Embora sua origem remonta a 1881, quando a expressão Psicologia Econômica foi utilizada pela primeira vez, por Gabriel Tarde, pensador social e jurista francês, embora economistas liderados por Karl Menger, da chamada Escola Psicológica ou Austríaca, tivessem introduzido conceitos psicológicos em  análises econômicas.

Por meio de experiências divertidas e surpreendentes, o autor demonstra que nossa capacidade de raciocínio tem defeitos provocados por forças invisíveis – emoções, relatividade, expectativas, apego, normas sociais – que nos induzem a fazer escolhas previsivelmente irracionais. Assim o  livro, além de ajudar a compreender e admirar a complexa beleza da natureza humana nos ensinará, a reconhecer as falhas que fundamentam as decisões que tomamos. Com impactos em análise e estatísticas tradicionais baseadas em ciências como economia, estatística, marketing, negócios, etc. Um exemplo disto está sendo a Zona do Euro, por mais bilhões que se injete na economia a “crise de confiança” das pessoas  não está  passando.

Dan Ariely é professor de Economia Comportamental do MIT e da Sloan School of Management, é pesquisador do Bank of Boston e bolsista de Princeton. Seus trabalhos já foram publicados nos principais periódicos acadêmicos, no The New York Yimes e no The Wall Street Journal – o citado livro é editado no Brasil pela Editora Campus.


Shiny_Mont

Livros de Roberto Shinyashiki

Este autor e seus livros dispensam maiores apresentações. Aqui em nosso PORTAL estamos citando 5 títulos de uma imensa produção literária do autor. Nossas indicações são: “O Sucesso é ser Feliz”, “Os Donos do Futuro”, “Vivendo e Aprendendo”, “O Poder da Solução” e “A Carícia Essencial”.

Roberto Shinyashiki tem influenciado toda uma geração de administradores do nosso país. Por isso, é um dos nomes mais requisitados no meio empresarial, fazendo palestras, conduzindo seminários e convenções, no Brasil e no exterior. Sua formação como médico psiquiatra, com pós-graduação em Administração de Empresas (MBA – Universidade de São Paulo) e doutorado em Administração e Economia (Faculdade de Administração e Economia – USP), embasa todo seu trabalho e o tem levado a conhecer e entender como ninguém a base fundamental de qualquer empresa: o ser humano dentro das organizações.

Sua experiência como empresário, à frente da Editora Gente, lhe dá o conhecimento prático de quem convive com os desafios diários de um executivo. Consultor e orientador de altos executivos de empresas dos setores público e privado, ministros de estado, governadores, prefeitos e personalidades de destaque em nosso meio, Shinyashiki é um profundo conhecedor dos dilemas e dos desafios do dia-a-dia desses profissionais.


estrategia_qualidade

Gestão Estratégica da Qualidade

Ao desenvolver o tema gestão estratégica da qualidade, o autor estruturou o texto a partir das noções gerais da qualidade. Foram discutidos os múltiplos conceitos da qualidade, convergindo para a qualidade como relação de consumo. A partir daí, analisando-se características próprias e restrições de cada definição da qualidade, foram estruturados novos conceitos, sempre ampliando os anteriores.

Com esta ênfase discutiu-se Qualidade Total, a Gestão da Qualidade no Processo e as abordagens práticas que determinam diferenciais competitivos das organizações, convergindo para o impacto social da qualidade. A seguir, são apresentados os métodos e estruturas da Gestão da Qualidade, mostrando como estruturar a qualidade desde o projeto, as formas práticas de avaliar os elementos da qualidade no produto, as diferentes noções de planejamento e controle da qualidade.

A estrutura de suporte e o modelo econômico da Gestão da Qualidade são também considerados, sempre sob um viés estratégico. O processo gerencial da qualidade é descrito em termos de seus elementos fundamentais: o processo de tomada de decisão, o perfil do agente de decisão, o envolvimento dos recursos humanos no esforço pela qualidade e o componente cultural que determina a consolidação da gestão da qualidade nas organizações.


avaliacao_estrategica

Avaliação Estratégica da Qualidade

Ao apresentar estratégias e ferramentas adequadas à visão estratégica da avaliação da qualidade, esta obra mostra como e quando os modelos clássicos (como o planejamento e o controle de processos produtivos ou a inspeção por amostragem, por exemplo) podem ser empregados, de que forma ajustá-los a situações usuais observadas em empresas industriais ou de serviços, que características cada um deles tem e, ainda, quais equívocos são usuais quando de sua utilização ou na sua interpretação.

Com atenção também na avaliação da qualidade com base em indicadores, o livro detém-se na análise dos ambientes onde cada tipo de indicador pode ser aplicado e nos objetivos, justificativas de uso, determinação de padrões e estrutura que o caracterizam. São apresentados exemplos práticos de indicadores usados no âmbito das organizações e nas relações delas com o ambiente em que atuam.

O texto mostra, por fim, modelos de avaliação recentemente desenvolvidos, aplicáveis à própria gestão da qualidade, analisando mecanismos para medir o impacto das ações gerenciais da qualidade na organização. É assim enfatizada a caracterização da avaliação da qualidade como um sistema estratégico para a organização, ou seja, um processo que objetiva viabilizar sua sobrevivência em ambientes competitivos, além de proporcionar-lhe meios que gerem sua permanente evolução.


Livro_1_-_Casarotto

Elaboração de Projetos Empresariais

Modernamente, a idéia ou intenção empresarial é um campo complexo chamado de Estratégia Empresarial. Além do mais, a nova ordem mundial, apontando para cenários de globalização da economia, exigindo novos padrões de competitividade para os negócios, está a impor às empresas readequações estratégicas e consequentes novos projetos, que devem ser gerados e analisados sob novas óticas e novos técnicas.

Hoje em dia, um projeto de investimento empresarial pode envolver: Estratégia Competitiva, Mercado, Marca, Parcerias com Fornecedores, Parcerias com Clientes e Parcerias com Concorrentes, Terceirizações, Franquias, Fabricação, Logística, Gestão, Equacionamento Econômico Financeiro. Sem dúvida, houve um aumento de complexidade.

Tendo em vista essas peculiaridades é que foi elaborada esta obra, visando repensar a elaboração de projetos empresariais. O livro é composto de quatro capítulos. Depois do texto introdutório (Capítulo 1), o Capítulo 2 propõe um modelo de mix-estratégico, ou seja, um conjunto de estratégias suficiente à orientação dos investimentos de uma empresa. O Capítulo 3 modela a elaboração de projetos empresariais, em que a geração dos parâmetros agrupados em suas partes tradicionais: mercado, logística/localização, sistema produtivo e equacionamento econômico-financeiro, é enfocada sob o novo prisma de transformação das estratégias em parâmetros concretos para a tomada de decisão sobre o negócio e consequente início dos projetos de engenharia, tendo em conta o novo ambiente com formação de redes de empresas e cadeias de suprimento. Por sua vez, o Capítulo 4 apresenta a sintetização do assunto num modelo de Plano de Negócio, mais apropriado a pequenas empresas. Por fim, complementa o texto o Apêndice de um resumo de engenharia econômica, para dar suporte à avaliação econômico-financeira.


Livro_2_-_Casarotto

Redes de Pequenas e Médias Empresas e Desenvolvimento Local

Este livro aborda mecanismos de cooperação empresarial e de desenvolvimento regional, enfatizando que, num mundo globalizado e altamente competitivo como o atual, só o associativismo e a união são o caminho para as pequenas e médias empresas conseguirem força competitiva.

Os autores expõem teoria sobre competitividade em redes de empresas, bem como apresentam exemplos práticos de redes de pequenas empresas italianas que obtiveram resultados extraordinários de desenvolvimento ao adotarem programas participativos. Em seu conteúdo são analisados tópicos como Globalização, competitividade versus socialização; Estratégias empresariais e competitividade para pequenas empresas; Redes de pequenas empresas; Agilidade nas redes de empresas; Necessidade de um processo de desenvolvimento local para o sucesso do modelo.